Olá, participante! Seja bem-vinda(o) ao site do SETA!                            


O Seminário de Teses em Andamento (SETA) é um evento anual, organizado pelos alunos dos cursos de pós-graduação strictu sensu do IEL, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Em sua vigésima quinta edição, diante de várias ameaças de cunho político referentes às universidades públicas, o SETA busca refletir sobre a importância de pensar as dimensões políticas da linguagem para além da universidade, ou seja, ver o espaço acadêmico como um lugar de pesquisa e conhecimento para a sociedade em geral, construindo, deste modo, um lugar diversificado cujas pesquisas em várias áreas dos saberes da linguagem tornam-se importantes.

O objetivo do evento é criar um ambiente em que pós-graduandas e pós-graduandos possam divulgar seus trabalhos e debatê-los com docentes e outros alunos, com a finalidade de construir um espaço de circulação das pesquisas desenvolvidas tanto pelos alunos do Programa de Pós-Graduação do IEL/UNICAMP quanto por aqueles de outras universidades.

Nesta edição, especialmente, trataremos também da importância de povos indígenas dentro da universidade, uma vez que o Brasil, até o final da década de 90, mantinha a educação indígena superior fora de quaisquer projetos (relacionados à educação) do governo. Esse ano, com as políticas sociais de cotas, a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) aprovou 68 indígenas de 23 etnias diferentes espalhadas pelo Brasil. Essa política inclusiva sugere uma universidade como um direito para todos, fomentando a exigência política de que se abram as portas de diferentes pesquisas para essas sociedades brasileiras até então praticamente ausentes nos espaços acadêmicos.

Essa política inclusiva nos convida a refletir sobre os impasses e incongruências de toda ordem que revelam o quão polissêmico podem ser as ideias e os processos sociais em torno das noções de igualdade e liberdade, já que as universidades, embora sejam públicas, por muitos anos, incluíam apenas uma parcela da sociedade. A universidade é um espaço plural e de diferentes dimensões da linguagem; nela construímos conhecimentos não apenas para a academia em si, mas para todos aqueles que possam se beneficiar das pesquisas de alguma maneira. Portanto, a escolha do tema “DIMENSÕES POLÍTICAS DA LINGUAGEM: PESQUISA, CONHECIMENTO E SOCIEDADE” reflete e assume a universidade como um lugar de dimensões políticas da linguagem decisiva e importante para todos.

O evento ocorrerá de 18 a 20 de novembro de 2019, no Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), na Unicamp. Serão aceitos trabalhos de acadêmicos regularmente matriculados em programas de pós-graduação stricto sensu em Linguística, Linguística Aplicada, Teoria Literária e Divulgação Científica e Cultural, como na UNICAMP, ou, ainda, em programas de pós-graduação em Letras, Estudos Linguísticos, Estudos da Linguagem e áreas afins de outras universidades brasileiras. O evento conta também com mesas de debates (abertura e encerramento) e minicursos.